Inventaku
Olá,

Seja bem-vindo a Inventaku .

Caso queira se registrar, clique em ''REGISTRAR-SE''
Se ja for membro clique em ''LOGIN''.

Agradecemos pela visita.

Boa diversão!!
Inventaku

Onde a Criação não tem limites .

Relogio
Parceiros

Parceiros







Membros mais ativos

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1 Nukers - A história de um vilão. em 21/1/2013, 7:29 am

Tiago.clock

Usuário Nível 3
Usuário Nível 3

avatar
Nukers a história de um vilão. Em um desejo de mudar o mundo para melhor, Nukers descobre que seus sonhos mais obscuro podem se tornar realidade.
Gênero: Ação - Mistério

Sinopse
Spoiler:
Não é um conto de um garoto que se torna herói e sim de como uma pessoa se transforma em vilã. A estória conta o trajeto de um jovem com ambição de “mudar o mundo”. Depois de um inesperado acontecimento com seus amigos passam a adquirirem poderes especiais menos Nukers, aumentando ainda mais seu ódio. Descobrindo o mundo da “magia” em que é mantido em segredo Nukers percebe que o seu sonho mais obscuro pode se tornar realidade, mudar o mundo para melhor sem se importar com os meios.

Explicação sobre o roteiro
Spoiler:
Primeiramente queria falar sobre essa parte da magia. Não é algo como vemos em grandes Shounen, os poderes aqui são mais equiparáveis a "X-man" (Não que copiei, estou falando sobre o nível deles). Poucas pessoas no mundo tem essa magia.
Eu dividi Nukers e duas principais partes/temporadas.
Parte 1: Em que demonstra o desenvolvimento dos personagens principais, de alguns inimigos importantes e o principal de como Nukers irá adquirindo "poder" (não magia), já que será um vilão sem poderes. Nessa parte ele está jovem e do bem ao lado de seus amigos.
Parte 2: Aqui já terá passado mais de dez anos depois do acontecimento. Nukers está desaparecido reaparecendo como vilão. Com sua organização, suas armas e com um plano em ação irá traçar estratégias para mudar a rotina do mundo, passará medo as pessoas. A magia é um segredo ainda, mas uma das ambições de Nukers é revelar esse segredo para todos atraindo ainda mais inimigos do que já tem.

Capítulo 1 – Acontecimentos Inesperados.
Spoiler:
Depois de muito beberem em um bar na cidade cinco amigos na estrada voltam para a cabana de férias que alugaram. Nukers o motorista da rodada não menos bêbado que os outros, mas alguém com um controle melhor para a situação.

Nukers – Vamos botar mais adrenalina nisto aqui!

Cabelos volumosos pretos estatura por volta de 1,70, o baixinho da roda começa a andar em zig-zag na rodovia.

Nukers – Uoooooo!
Suiko Haite – Caralho!! Paaaaraa!!! Vou vomitar merda!! Buuuuooohhh!!!!

O asiático desconfortável e embriagado vomita no tapete do banco de trás.

Jack Totsu – Puta que pariu Suiko. Ahhhh que nojo!! Para esse carro Nukers!
Collins Brown – Hahahaha! Vamos voltar e pegar leite para o garoto!

Collins que também estava atrás mas não ao lado de Suiko que ficava no canto, Jack o mais alto foi no meio e Collins no outro canto ria da situação.

Kevin Martin– Que bagunça ta ali atrás em, não é melhor parar?
Nukers – Já estamos chegando.

VRUM!

Nukers vira com rapidez entrando na estrada de terra fazendo o japonês piorar.

Suiko – P**** Nukers...

Está tudo tão divertido, alguns rindo outros passando mal com a cabeça para fora, conversando e distraindo nem perceberam que algo vindo de cima aproximava-se do carro. O silêncio foi se manifestando no carro e a musica dominou o local.

Jack – Ei estão ouvindo este barulho?
Kevin – Estou ouvindo nada, deve ser o som.
Jack – Não é não, desliga o som. – Kevin desliga o som. – Estão ouvindo agora?

O barulho aumenta gradativamente.

Nukers- Estou ouvindo agora, um chiado parece.

Todos fazem silencio no carro se concentrando no barulho, de repente uma luz branca muito forte aparece em cima do carro cegando todos momentaneamente pelo forte brilho.

Nukers – Ahhh! Não to vendo nada!
Kevin - O que é isso?!

Todos começam a entrar em pânico.

Suiko – Vamos ser abduzidos! Buuuuooohh!! – Um pouco de vomito para os ETs.

POW!

Nukers bate o carro em uma árvore fazendo todos desmaiarem.

Kevin - Ei acorda! – Da uns tapinhas na cara de Nukers.
Nukers – Ai minha cabeça.

Nukers tira a cara do volante coça os olhos e sai do carro. Já está de dia e ainda estão no mesmo lugar.

Nukers – Mas que coisa foi aquela de ontem?
Kevin – Não faço ideia, achei que fossemos morrer.

Enquanto Nukers vai olhar o estrago do carro Kevin acorda os outros companheiros.
Kevin Martin é um dos amigos mais próximo de Nukers William, tem por volta de 1,78, cabelos curtos e loiros. Suiko Haite o asiático bêbado tem a mesma altura e cabelo quase igual só que dar cor preta. Já Collins Brown tem o mesmo tamanho de Jack 1,82, só que quase careca e um pouco forte, enquanto Jack Totsu mais magro possui os cabelos até os ombros ondulados castanhos, estilo roqueiro.

Nukers – Ainda bem que não fez tantos estragos, vamos voltar logo.
Suiko – Minha cabeça está estourando.
Jack – Aqui está um fedor!

Collins ainda fora do carro atrás da árvore urinando.

Collins – ‘Que sensação estranha... ’

Pensa enquanto olha para a sua mão esquerda.

Ainda estou começando a escrever a fic, mas já tem um plano todo faltando alguns detalhes. Se alguém estiver interessado a desenhar ou até mesmo um bom escritor estou disposto a conversar e ter um certo comprometimento. xD Peço que aos que lerem deixem suas sugestões, críticas um comentário para que eu posso melhorar. Alguns nomes podem ser alterados, principalmente o título e subtítulo são temporários, se tiverem idéias estou aceitando.



Última edição por Tiago.clock em 21/1/2013, 5:44 pm, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

:

Usuário Nível 7
Usuário Nível 7


pôh! gostei pacas! os personagens parecem estar vivos! narrativa mto boa!
vc pretende fazer em qual formato: mangá, comic, HQ, outros?

Ver perfil do usuário

Tiago.clock

Usuário Nível 3
Usuário Nível 3

avatar
Sempre penso em um estilo mangá, mas nessa história admito quer tem uma semelhança maior com HQ, mesmo eu preferindo mangá. Obrigado pelos elogios ^^ Até pensei depois de digitar a história toda, fazer um resumo e escrever como se fosse um filme, pois tem um perfil muito semelhante também. ^^

- Adicionei o segundo capítulo. O primeiro e segundo servem como introdução, no terceiro a história começa a seguir uma trilha.

Capítulo 2 – Presença feminina.

Spoiler:
Depois de horas na cabana ao final da tarde todos se reúnem na sala.

Kevin – Cara isso é demais!
Suiko – Mas como pode? Isso é inacreditável!

Todos ali surpreendidos exaltados, Kevin está flutuando na frente de todos ali.

Kevin – Como que desce agora?
Collins – Suba mais alto! Vamos para fora.
Kevin – Não quero me precipitar.

Com um pouco de esforço Kevin pousa firmemente.

Kevin – Alguém mais consegue voar?

Todos ficam com uma expressão negativa, só Kevin tem tal dom.

Jack – Não sei o que aconteceu ontem, mas mudou algo em nós.
Kevin – Sério? Nem tinha percebido!
Jack – Não é? – Está sendo sarcástico. – Segure essa bandeja.

Kevin segura a bandeja com as duas mãos e Jack prepara para dar um soco nela.

Kevin – Irá machucar sua mão idiota.
Jack – Veremos!

POOW!!

Ao acertar o soco na bandeja faíscas saíram do impacto arremessando-a no nariz de Kevin.

Nukers- Hahahaha!! Isso é demais!

Pouca fumaça sai da mão de Jack depois do soco.

Collins – Não consegue socar mais forte? Se eu pegar um estralo faz mais estrago que isso.
Jack – Quer testar então? – Jack olha rindo propondo um desafio.
Suiko – Xis um! Xis um!
Collins – Ok, mas vamos lá fora!

Chegando lá fora Jack não espera Collins se preparar nem nada parte para cima dele mirando um soco no rosto.

POW!

Jack cai no chão com a mão na cabeça.

Jack – Ahhh! O que foi isso?

Ao sentar na grama observa uma pedra logo na sua frente. Collins fica rindo e os outros mais impressionados ainda, cada um com um poder diferente.

Kevin – Ei Suiko e Nukers mostrem seus poderes para nós!
Suiko – Éhh bem... Eu não tenho ideia do que fazer.
Kevin – Sério? E você Nukers?
Nukers – Eu também não. - Demonstra certa frustração.

Os jovens passam a tarde inteira treinando suas novas habilidades, Nukers e Suiko se divertem olhando, mas no fundo estão abatidos por não terem descobertos suas habilidades.
Nukers e Suiko estão sentados nas rochas da cachoeira enquanto Kevin sobrevoa as águas e Jack tenta usar seus poderes dentro da água, Collins treina suas habilidades de telekinesis.

Nukers – Por que não temos habilidades também?
Suiko – Não sei, mas você não deveria se importar com isso... Provavelmente nós só não descobrimos ainda a hora irá chegar.
Nukers – Mas é estranho. Eles disseram que estavam sentindo uma sensação estranha antes de descobrirem seus poderes, só que eu não sinto nada.
Suiko – Você irá ficar enlouquecido se pensar nisso.
Nukers – Não irei. Você sabe que isso pode mudar nossas vidas não?
Suiko – Eu entendo a nossa situação.
Jack – Ei vocês dois parem de chorar e venham para cá nadar.

Bí-Bí – Um carro chega buzinando.

Suiko – As garotas chegaram!

Ploft. Kevin para de flutuar caindo na água.

Kevin – Vamos manter isso em segredo.
Collins – Depende do quanto você irá pagar.
Suiko – É sério Brown! Fica em silêncio.
Collins – Irei ver o que posso fazer. – Seu rosto não passa nenhum pouco de confiança para os quatro dali.

Três garotas descem do carro. A motorista Anna Tsuy baixinha de 1,55 namorada de Kevin, cabelos loiros ondulados, a pele branca da cor de neve; Isah Grace companheira do asiático Suiko, morena de corpo bem estruturado a maior entre elas 1,71 e por última Clara Maiden a do meio 1,64, é míope usa óculos, porém só aumenta seu charme combinando com os cabelos ruivos.

Ver perfil do usuário

Duuhur'D

Usuário Nível 7
Usuário Nível 7

avatar
Agora sim ! Eu ficaria igual o Nukers D:" Não é justo todos terem poderes menos ele . ( Por enquanto )

Ver perfil do usuário

konor

Administrador
Administrador

avatar
vim aqui so avisar e.e to sem avaliar a muito tempo,eu vou avaliar essa historia quando ela acabar entao

Ver perfil do usuário

:

Usuário Nível 7
Usuário Nível 7


continua bem legal!!
si nao tá participando da seletiva de roteiros para a revista eu indico 100% Cool

Ver perfil do usuário

Tiago.clock

Usuário Nível 3
Usuário Nível 3

avatar
okumura rin escreveu:vim aqui so avisar e.e to sem avaliar a muito tempo,eu vou avaliar essa historia quando ela acabar entao
Obrigado por comentar ^^ Assim como o Fantoche \o
Quando ela acabar?... Nem eu sei quando ela irá acabar, mas essa primeira temporada é curta, estimo que não passe dos 30~40 episódios, convenhamos, ficar acompanhando uma história em que o personagem principal não tem poderes deixando ele meio "inútil" fica um pouco enjoativa, por isso quero finalizar logo essa parte, mas tem seus pontos fortes.

ELIENAY' escreveu:continua bem legal!!
si nao tá participando da seletiva de roteiros para a revista eu indico 100% Cool
Valeu! Eu mandei a MP pro Chaos, só que depois eu vi no fórum da main comix que tem de ser one-shot, então não sei se ele irá avaliar. x.x
Vou deixar o 3º cap. para avaliarem ( que é o inicio das aventuras) já que sempre fico ausente nos fins de semana, obrigado por comentarem novamente.

Capítulo 3 – Primeira Dificuldade
Spoiler:
Já de noite em um restaurante os oitos se divertem com outros assuntos esquecendo o ocorrido. Os casais estão sentados lado a lado e os três solteiros encostados na parede.

Nukers – Por que vocês demoraram tanto para chegarem?
Isah Grace – Se alguém não fosse tão teimosa chegaríamos no horário.
Anna Tsuy – Não me culpe! Você também não lembrava do caminho!
Isah – Mas eu disse para você perguntar para o moço do posto!
Clara – Essas duas vieram discutindo a viagem toda. – Faz uma cara de insatisfação.
Nukers – ‘Eu não deveria ter perguntado’. – Pensava fingindo o interesse.

Enquanto elas se distraem na discussão, Collins aproxima o saleiro usando seus poderes, somente Jack e Nukers percebem Jack o cutuca com os cotovelos.

Jack – Você está louco! – Cochicha.
Collins – Estava muito longe. – Diz despreocupado. – Eu tenho que ir ao banheiro!

Do lado de fora do restaurante um homem alto de cabelos compridos o vigiava, ao ver que Collins se afastou da mesa entra no bar e se dirige ao mesmo banheiro.

Collins – Como eu to bonito hoje, Clara você que me espere! – Diz olhando para o espelho com um palito de dente em sua boca.

Do lado de fora do restaurante um carro estaciona bruscamente chamando a atenção de todos.

Jack – Idiotas...

No banheiro o palito de dente está jogado no chão com um pouco de sangue nele, Collins está sendo erguido pelo pescoço contra a parede pelo homem.

Morph – Não deve exibir seus poderes.

Collins fica espantado ao saberem de seu segredo, olhando desesperado ao seu redor procurando algo para tacar nele Collins quebra o espelho ao seu lado, Morph acerta um murro no estomago o largando no chão.

Collins – Cof Cof Cof! Não devia ter feito isso idiota!

Os cacos do vidro são arremessados em direção ao rosto de Morph, com uma esquiva em milésimos consegue desviar, mas é surpreendido por Collins pulando em cima dele o derrubando.

Dentro do restaurante a musica alta abafa os ruídos da briga até o momento em que Collins é arremessado contra a porta a quebrando, todos no restaurante se levantam no susto ao ver um homem no chão.

Collins – ‘Que força é essa?’
Morph – Novatos...

Jack, Kevin e Nukers olham um para o outro com a expressão de “o que fazer?”.

Nukers – Vão para o carro e se tranquem lá, iremos ajudar Collins! - Se refere as garotas.

Ao se levantarem da mesa os homens do carro entram no bar, são três homens de ternos, com fones a lá segurança, chegam tacando granadas de fumaça no local o restaurante se torna um caos. Jack quebra a janela para as meninas passarem e irem para o carro atrás do restaurante.

Kevin – Cof Cof. Não to vendo nada!
Suiko – É uma fumaça muito densa!
Nukers – Kevin! Voe para ver o que está acontecendo.
Kevin – Está louco! Não aqui!
Nukers – Todos estão saindo do restaurante e com essa fumaça acha que alguém irá ver?!

Kevin analisa e chega à conclusão que é uma boa ideia.

Kevin – Collins!!
Jack – O que está havendo?!
Kevin – Estão levando ele!

Os homens retiram Collins desmaiado do restaurante o jogando no porta-malas do carro, seus amigos vão correndo atrás.

Jack – Ei vocês parem ai!

Ao jogarem Collins no carro os quatro homens se viram para o grupo de amigos.

Morph – Atirem neles.

Vários disparos são dados contra os garotos, Kevin voou um pouco mais alto parando no telhado, Jack pulou para o lado assim como Nukers, Suiko está caído no chão com as mãos na barriga.

Jack/Nukers – SUIKO!!!

Ver perfil do usuário

Duuhur'D

Usuário Nível 7
Usuário Nível 7

avatar
Você detalha muito bem Sua história , dá pra presenciar mentalmente ela como se fosse real . Tenho Uma dúvida : 1 - Esse Morph é um mutante veterano ( modo de dizer ) ?

Sua história tem estilo Hq , bem puxado pra filmes de mutantes americanos . Isso não significa que é clichê .

Ta ótimo . Cool

Ver perfil do usuário

:

Usuário Nível 7
Usuário Nível 7


Tiago.clock escreveu:Vou deixar o 3º cap. para avaliarem ( que é o inicio das aventuras) já que sempre fico ausente nos fins de semana, obrigado por comentarem novamente.
bem...isso era antes da união com o chaos, eu deixei a organização da seletiva com ele nao estou sabendo se tem algum padão pra seletiva agr(vou ver com ele), mas mande de qualquer jeito ,gostaria mto de ver esse roteiro quadrinizado!

Ver perfil do usuário

#10 Re: Nukers - A história de um vilão. em 30/1/2013, 8:36 am

Tiago.clock

Usuário Nível 3
Usuário Nível 3

avatar
Sim Fantoche, Morph será um dos principais.
Entendi Elienay, mas o projeto da editora ainda está em andamento? É que o fórum lá ta praticamente morto. x.x

Eu escrevi os primeiros capítulos da "segunda temporada" de Nukers que se passa doze anos após. Irei postar o primeiro capítulo, ficou grande e com muitas falas por ter que detalhar tudo.

Sinopse
Em 2026 se passaram doze anos deis que Nukers deixou tudo para trás. Depois de acabar com a organização pseudo Nazista (Neo – z) e tomá-la para si Nukers inicia seu plano contra a igreja e o mundo. Com grandes atentados e ameaças deixando o mundo em pânico, sua organização passa a ser considerada o maior grupo terrorista de todos os tempos.

Capítulo 1 – Segredos ou vidas
Spoiler:
Uma manhã ensolarada marca o início de uma importante missa na Basílica de São Pedro no Vaticano. O pátio lotado de pessoas reverenciando o Papa em um grande telão que mostrava a missa do interior da Basílica. Muitas pessoas principalmente jovens usavam um óculos sem lentes, estavam na moda, acesso a internet, músicas e telefone tudo ali, mais uma inutilidade futurística moderna. A missa era transmitida ao vivo para o mundo o todo. Poucos guardas faziam a guarda do local o suficiente somente para controlar a multidão que permanecia comportada

Longe dali em uma sala com pouca iluminação, quatro poltronas em círculos todas ocupadas.
Um dos homens se levanta revelando seu traje personalizado. Trajava um sobretudo chegando até os joelhos combinando com o coturno militar, uma mochila nas costas em baixo do sobretudo dava um pouco de volume e saindo da mochila um cabo de espada atrás da nuca. As luvas de tecido grosso nas duas mãos mostrava que não eram equipamentos comuns, estava preparado para algo grande.

- Hoje as pessoas abrirão seus olhos para os segredos obscuros da insanidade. - Uma voz grossa de tom sombrio ecoa calmamente a clareza de suas palavras.

Outro homem portando um sobretudo menor, mas era maior esse homem o cabelo também chegando até os ombros, seus rostos eram irreconhecíveis no escuro.

- Será seu primeiro passo para a criação de uma nova era.
- Meus passos não são tão importantes quanto às decisões tomadas pelas pessoas.

O grande telão em São Pedro apresenta alguns problemas, começa a chiar e a revolta da multidão começa a ser ouvida, a imagem se apaga por completa ficando toda escura. Em um rápido piscar a tela mostra um homem sentado na poltrona, o mesmo que estava em pé agora a pouco e seu rosto ainda sem visualização. Todos ficam sem reação, será uma surpresa da igreja? A imagem é transmitida para o mundo todo, avenidas de grandes cidades do mundo começam a passar a imagem.

- Caras vítimas do segredo de seus ancestrais. Enquanto reverenciam vossa santidade sagrada não sabem quão são enganadas pelos grandes do mundo. Eu venho aqui me apresentar a todos.

Enquanto inicia seu discurso a imagens nos televisores começam a mudar, cenas de agonia causada pela guerra e fome começam a aparecer, autoridades abusando de seus poderes, padres cometendo atos desumanos com crianças, várias cenas do lado negro da humanidade confundem os telespectadores.

- Por quanto tempo se calarão diante de suas liberdades falsas, onde uma pessoa tem mais valor do que uma sociedade inteira, onde dinheiro vale mais que vidas, enquanto a natureza paga pelos pecados humanos, por quanto tempo irão aguentar as injustiças dos injustos?!

Em grandes delegacias principalmente a do vaticano começam a se pronunciar, pessoas que passeavam nas ruas começam a prestar atenção nos grandes hologramas das cidades.

- Venho aqui propor um desafio para o bem do mundo. A vaidade e o orgulho de uma sociedade ou a vida de inocentes? Mas não é uma resposta para qualquer um, vamos deixar na mão de quem vocês tanto confiam nas palavras. – A imagem do rosto do papa é mostrada na tela, a expressão da santidade é preocupante e as pessoas de todo mundo prestando fixamente a atenção nos televisores.

- O importante monumento criado para guardar segredos camuflados pela igreja a Basílica de São Pedro ou a vida de pobres rejeitados pela sociedade exterior?

A imagem da Basílica de São Pedro é mostrada, a multidão se torna histérica em volta dele, os policiais dali começam a afastar as pessoas, e logo a imagem se muda, mostrando uma partida beneficente de rugby no continente africano, pessoas carentes nas arquibancadas com olhos brilhantes de esperança sem ter o conhecimento do perigo que estão enfrentando.

- Agora eu lhe pergunto vossa santidade, quais vidas são mais importantes?! Essa vasta multidão que lhe vem servindo de riqueza ou a vida desses pobres em que não se sabem nem ao menos se verão a luz do amanhecer? Cuidado com o que decidir, afinal, sua vida também está em jogo.
- Um ataque terrorista!

Gritam no pátio da Basílica aqueles que ainda permanecem lá. O caos da multidão correndo dá inicio a várias rixas de pessoas, algumas caindo sendo pisoteadas e essa cena começa a ser transmitida.

- O caos derivado da incerteza humana, o que uma dúvida não faz com a mente? Essa é a paixão que finge demonstrarem? Onde está o amor ao próximo. Então Papa quem merece viver?!

O jogo de rugby é paralisado as pessoas das arquibancadas começam a descer correndo para fora do estágio que tem seus portões fechados prendendo todos ali dentro.

- Vossa santidade eu lhe entrego uma alternativa para não expor seu ego ao público, se deseja salvar a todos sacrifique os segredos da igreja apunhalando a, diga nos, qual a primeira promessa feita ao tomar posse de cargo tão importante?

O Papa arregala os olhos deixando cair uma cruz qual segurava, o pátio da Basílica começa a ficar vazio os portões do estágio já todos derrubados e a multidão correndo para longe.

- O tempo está se esgotando, uma resposta para salvar centenas de vida. O segredo, a igreja ou o estágio, qual pretende salvar?

Do fundo da Basílica uma van estacionada de ré com as portas abertas, alguns homens transportando caixas e livros começam a encher até não caber mais nada. O motorista pega seu celular e liga para um dos quatro que estavam sentados.

- Estão todos aqui.

Uma das poltronas vazias, o de cabelos grandes atende ao telefone autorizando a ida da van.
Desligando o celular e ligando para outra pessoa o homem alto se aproxima de uma janela iluminada, mostrando seu rosto.

Morph – Está na hora.

Enquanto espera a resposta do Papa o homem que discursa para todos do mundo atende o telefonema de Morph, mas não com um aparelho celular, ele ouve a voz mentalmente e a responde tirando seu rosto do escuro mostrando sua identidade.

Nukers – Iniciar o plano.

Nukers se levanta do assento em que estava largando um dispositivo em cima dele indo embora da sala, o telão todo escuro teve sua imagem cortada pela mídia.

Ver perfil do usuário

#11 Re: Nukers - A história de um vilão. em 30/1/2013, 4:30 pm

:

Usuário Nível 7
Usuário Nível 7


booooooooooooa! Cool
muito bom mesmo! em nenhum instante a história nao perde sua qualidade e originalidade.

quanto a editora, estive meio parado mas vai rolar sim!
infelizmente dependemos muito de desenhistas, tem só eu e o chaos té agr(nao sei si o L vai participar ainda).

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado



Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum