Como podem ver estou fazendo algumas mudanças no fórum, por isso pode ficar um pouco instável ou bagudo ate que corrija todos os erros
Parceiros
Os membros mais ativos do mês
Carregando...

Compartilhe
Ir em baixo
Akira
Usuário Nível 1
Usuário Nível 1
Sexo : Masculino
Mensagens : 110
Reputação : 0
Idade : 26
Localização : São Paulo
Ver perfil do usuário

Controlar a raiva do preconceito étnico Empty Controlar a raiva do preconceito étnico

em 1/10/2014, 12:24 pm
Vou contar um pouco desabafo como passei hoje. Admito que pessoas que provocam são as piores de todos, olha só a situação, estava voltando para casa depois de ter pernoitado como vigilante em um lugar. Entrando no ônibus, fiquei aguardando até chegar no meu destino, quando do nada o cobrador do ônibus começa a insultar e provocar o motorista que estava dirigindo o ônibus, que não gostaria de revelar sua etnia, afinal eu não quero ficar botando como se o mesmo fosse vítima ou esse negócio de defesa racial, que é muito já é problemático.

Mas o que me deixou com raiva naquele momento, foi de que você já simula a agressão que desejaria contra o cobrador que estava provocando. Vejo que ele estava arriscando a própria vida, afinal se subisse a raiva do motorista da mesma forma que passei, acho que não estaria aqui para contar para vocês. 

Porque o motorista é que dirigi o ônibus, dae o cara começa a provocar o motorista, sabe é muito idiota isso, na minha simulação de agressão ia da uma mochilada forte nas costas desse cobrador, mas com a minha consciência, fiquei o tempo todo segurando a respiração, pois com o tempo que estive analisando a minha pessoa como cobaia, percebi que quando começamos a ser abalado por qualquer coisa, logo a barriga da um frio e as costas ficam tensa. 

Alguns poderiam até partir para ignorância, mas pensei bem, o que adianta falar algo com um ignorante? É a mesma coisa que conversar com um bebezinho com excremento com fralda na cabeça. Como controlo minhas emoções, quando fico muito tenso, tenho um gosto sádico de me agredir segurando coisas pesadas no meu corpo para descontar toda raiva, nesse estado parece que sinto que é gostoso sentir dor.

Mas nesse momento estou ouvindo musicas relaxantes, mas mesmo assim quase perco a razão das coisas, mas observando alguns relatos que já li de pessoas, como por exemplo que algumas crianças estavam agredindo um gato, e essa pessoa subiu a raiva é meteu um tijolo em um desses garotos, como também teve outro caso que pessoa sente se indefeso em um assalto e começa a se sentir aquela força e parte na ignorância, tomando o risco de ser baleado.

Compreendo essas fraquezas, mas as vezes dependendo da situação temos que saber controlar nossas emoções, porque estaria jogando nossa vida como a vida dos outros em risco. Bem é só isso que gostaria de desabafar. Talvez muitos vão achar bobo, mas sabe que quase me senti um Adolf Hitler naquele momento.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________
Controlar a raiva do preconceito étnico Banchou1
Haruko-hara
Usuário Nível 4
Usuário Nível 4
Sexo : Feminino
Mensagens : 416
Reputação : 6
Ver perfil do usuário

Controlar a raiva do preconceito étnico Empty Re: Controlar a raiva do preconceito étnico

em 1/10/2014, 7:45 pm
Um observador perfeito....Só achei curioso o fato de ser o cobrador a insultar, depois de passar um bom tempo trabalhando junto com o tal motorista...

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________
Blá, blá, blá

O inverso da Haruko: http://reticenciasemtanto.blogspot.com.br/

Controlar a raiva do preconceito étnico O6ipoz
Everland
Avaliadores
Avaliadores
Mensagens : 1062
Reputação : 14
Ver perfil do usuário

Controlar a raiva do preconceito étnico Empty Re: Controlar a raiva do preconceito étnico

em 2/10/2014, 1:30 pm
preconceito nunca é simplesmente preconceito pessoas que tem mas experiências as vezes nem relacionadas com a etnia em si discontama  raiva em outras, não gosto de julgar historias pela metade o maximo que eu faria seria pedir o cobrador parar se calar durante o serviço e parar de incomodar os clientes mais não acho que algo como preconceito tenha efeito quando se trabalha muito tempo com alguém, preconceito é um conceito que já existe antes de se conhecer alguém depois que já se conhece ou esse conceito se confirma ouse prova errado já o racismo é quando você ignora completamente a pessoa em si mesmo quando ela prova o contrario

não da pra culpar as pessoas por impressões erradas que julgam pela aparência afinal já foi provado cientificamente que nossas primeiras impressões apertão com muita frequência pra serem chamadas de inúteis afinal se você vice isso por acaso você ia dar a isso uma chance de se aproximar:

Controlar a raiva do preconceito étnico Demonionocturno

pois é agora você julga as pessoas pela aparência não é? o racismo não é preconceito racial é um ódio racial que ignora tudo e todos é algo que tem mais haver com orgulho e superioridade e religião do que preconceito é uma cultura nazistas é uma desculpa que elas dão pra odiar alguém

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________
espelho espelho meu existe membro mais hiperativo do que eu?


louco eu? não louco é alguém que enxerga a realidade diferente de como ela é, eu mudo a realidade com a minha vontade por tanto não sou um louco sou um deus


gosto de pessoas interessantes e anormais para mim não ha veneno pior que o tedio
Conteúdo patrocinado

Controlar a raiva do preconceito étnico Empty Re: Controlar a raiva do preconceito étnico

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum