Inventaku
Olá,

Seja bem-vindo a Inventaku .

Caso queira se registrar, clique em ''REGISTRAR-SE''
Se ja for membro clique em ''LOGIN''.

Agradecemos pela visita.

Boa diversão!!
Inventaku

Onde a Criação não tem limites .

Relogio
Parceiros

Parceiros







Membros mais ativos

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Teeth - Arco de Yorku

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1 Teeth - Arco de Yorku em 20/1/2013, 8:26 pm

Walriorbr

Usuário Nível 6
Usuário Nível 6

avatar
O garoto se encontrava quase que imperceptível no meio da neve. A imensidão branca o camuflava, graças a sua pele, extremamente alva. Possuía cabelos igualmente brancos, em oposição, um capuz negro de couro, constratando com as variadas cores claras presentes. Olhos azuis e vivos, transmitindo uma sensação de pacificidade e frieza. Segurava em uma só mão uma espécie de arma, gigantesca. O que seria de espantar, devido a ter um corpo aparentemente magro e fraco, porém belo. Suas órbitas se estreitavam, visualizando a poucos metros um ser de natureza bélica/demoníaca. Parecia sem dúvidas um sapo gigantesco, com alguns pelos na região da cabeça. Abria um largo sorriso, exibindo seus dentes afiados e... Grandes. Uma característica ressaltada. Segurando sua arma em mãos, o "rapazote" corre incrívelmente veloz, arrastando sua lâmina no chão, gerando assim algumas faíscas em contato com a neve. Por fim, quando está a alguns centímetros do monstro, levanta com magnificência a tal arma, com o intuito de acertar a dentição do sapo. Ligeiramente, o colosso balança sua cauda, que por milagre havia crescido de seu interior, atingindo o jovem e neutralizando seu ataque. Com as mãos no chão, ele reduz a velocidade com que é jogado, impossibilitando uma queda. Recuperando a pose, dá um salto a alguns metros acima, pulando em cima do gigantesco sapo. O monstro começa a se mexer, no objetivo de derrubar o garoto. Com força nas mãos, o garoto segura os pêlos do animal, se concentrando em chegar próximo a boca do tal. Com esforço, resistindo as chacoalhadas, é alcançado. O garoto levanta sua arma com uma mão, com dificuldade, graças a nevasca que se tornava cada vez mais forte. Dá um golpe finalizador em um dente do monstro, que agonizava de dor. Logo o sapo se desfaz em poeira.
O garoto se levanta, olhando o horizonte. Começa a andar, mirando-o.

Nonsense---*

Bem. Esse é o primeiro capítulo da série Teeth Epic
seria uma espécime de prólogo. Não posto a sinopse se não vocês ficarão enojados e vão desistir de ler ._. Sei que aí só tem uma batalha curta e nada demais. Mas por favor! Quando a verdadeira história surgir, não achem estranho ;-; deem uma chance ao tema.

Ver perfil do usuário

#2 Re: Teeth - Arco de Yorku em 21/1/2013, 5:59 am

Tiago.clock

Usuário Nível 3
Usuário Nível 3

avatar
O sapo era uma magia? x.x Pelo jeito o universo é algo bem shounen, gosto dessas histórias. Poste uma sinopse para esclarecer melhor o roteiro.

Ver perfil do usuário

#3 Re: Teeth - Arco de Yorku em 21/1/2013, 9:48 am

Rithi

Moderador
Moderador

avatar
Sim Wal, ficou ótimo e faça o que o Tiago disse, poste a sinopse ou uma explicação sobre isso vlw Cool


__________________________________________________________________________________________________
ZANGETSU!

Hey, vejam meus roteiros:

Okaruto Igaku
Virtual Magic
Mytsug a Era Lendária
Atheist
Ver perfil do usuário http://rrithisousa.blogspot.com

#4 Re: Teeth - Arco de Yorku em 21/1/2013, 5:20 pm

:

Usuário Nível 7
Usuário Nível 7


shonen FODA , quero ver o contúdo.

Ver perfil do usuário

#5 Re: Teeth - Arco de Yorku em 21/1/2013, 8:53 pm

Walriorbr

Usuário Nível 6
Usuário Nível 6

avatar
Cap. 1 - Apresentações

O garoto adentrava uma ruela escura. Boa parte do local estava imerso em neve. Sua expressão estava... Um tanto despreocupada, séria ao mesmo tempo. Chega ao fim da rua, levando sua mão ao chão, tirando a neve, que cobria um alçapão. O garoto abre a pequena porta, assim descendo por ela. Conforme se aproxima é revelada uma imensa cidade subterrânea. O tal se dirige a uma construção militar. Da entrada, ele observa um homem e um garoto sentados em uma mesa de reuniões. O garoto, um pouco mais novo que o de cabelos alvos. Possuía olhos vivos e castanhos, muito diferentes dos dele. Seu cabelo era negro, rosto harmonioso. Vestia uma capa branca um pouco empoeirada. O homem ao seu lado, alto e forte. Aparentava ter seus 50 anos, vestia trajes de servente do governo, com uma capa branca por cima. O garoto de cabelos alvos encarava o moreno, mostrando-se desinteressado pelo "coroa". Por fim, recupera sua pose e volta sua atenção ao velho. O sério jovem se apronta a falar, enquanto se aproxima.

- Então, esse é o soldado novato, certo, Luther?

- Exato. Esse é Child, seu novo parceiro. Não vão se cumprimentar? - responde o velho

- É perda de tempo gastar palavras com vermes. - diz o jovem, lançando um olhar ameaçador ao novato (Child)

- Pois é bom se acostumar. Você será expulso de não souber agir como um bom professor.

O jovem de cabelo desbotado nada diz. Apenas continua observando Child, que retribuia seu olhar com um de inocência.

- Bem, vocês tem um Kavity para extrair. Se dirijam a sala de missões.

Obedecendo a ordem, os dois saem. Andam. Ambos não trocavam olhares, preferiam não manter contato visual. Child mantinha seu olhar inocente, talvez pensando porque o alvo estava o tratando assim. O mais velho, mirava o local de destino com seus olhos estreitos. Child de vez em quando entreabria a boca, no fim de falar com ele. Mas desistia. Ficavam assim até o fim do percurso, até que chegam em uma sala um tanto pequena. O garoto mais velho olhava um quadro na parede, indicando o endereço de um local. De uma mesa, o tal tira um par de luvas de ferro, com alguns fios. Também uma lâmina, um pouco parecida com a sua, só que menor e... Um pouco enferrujada.

- Você irá precisar disso se quiser sobreviver. Idiotas como você não sabem se virar sozinhos.

Child expressava um semblante triste, descontente com o tratamento do rapaz. Virou o seu rosto, para que o tal não visse sua expressão daquela forma.

- Agora iniciaremos a lição. - disse o garoto de pele clara.

Child seguia-o até uma plataforma, que subia, chegando na superfície. No fim, um rapaz armado os esperava. Era um tanto diferente ver um cara daquele jeito. Trajava uma armadura pesada de metal, com uma máscara de um tecido incomum. Deixava em evidencia parte do seu rosto.

- Itzak. A partida será permitida mais ou menos às 21:00... Não tem muito a esperar. - diz o homem mascarado, se referindo ao garoto alvo.

- A morte não tem hora. E você não tem permissão para me dar ordens de espera. Você não é nada além de um lixo andróide. - fala Itzak com rudeza.

Não muito longe dali uma batalha sangrenta ocorria...

FIM DO CAP. 1.

OK gente... Muito tosco. Mas estou só apresentando a ambientação, me perdoem se estiver monótomo e confuso, mas a ação vem depois.

Ver perfil do usuário

#6 Re: Teeth - Arco de Yorku em 22/1/2013, 7:51 am

Tiago.clock

Usuário Nível 3
Usuário Nível 3

avatar
Ter ação nos primeiros capitulo deixa meio confuso de vez em quando, não se apresse. xD Só não consegui identificar a época em que se passa. x.x

Ver perfil do usuário

#7 Re: Teeth - Arco de Yorku em 24/1/2013, 12:51 pm

Duuhur'D

Usuário Nível 7
Usuário Nível 7

avatar
Nuss que foda . A detalhação magnífica *-*

Sem mais comentários *

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado



Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum